top of page
logocomqualidadeedsummit.png

Indústria 5.0

7 - 9 Março

O ed. summit é um evento de caráter educativo em que profissionais com experiência dão palestras (formações, workshops…) acerca dos subtemas do evento, preparando os estudantes para o mercado de trabalho.

Tema

TEMA

INDUSTRIA 5.0

A Indústria 5.0 é a atualização da indústria 4.0 e abrandamento da corrida pela automatização total, ou seja, promove uma evolução da sociedade na procura de um melhor equilíbrio entre a Tecnologia e o Homem.

É o reconhecimento que o questionamento, os insights, a inovação, potencial criativo do ser humano e os avanços robóticos, digitais e de automação são de igual valor no processo de fabricação. 

A nova era industrial começa a partir do desenvolvimento de tecnologias ligadas à indústria 4.0, em particular nas áreas ICT (tecnologia de Informação e comunicação), IA (Inteligência artificial) e robótica.

Subtemas

SUBTEMAS

Inteligência Artificial

A inteligência artificial (IA) surge da combinação entre a ciência da computação e bases de dados robustas, permitindo às máquinas simular o raciocínio humano.

Tecnologias como assistentes virtuais implementam a IA na indústria, sendo capazes de analisar dados recolhidos pelos sistemas auxiliando assim, gestores e engenheiros de produção na tomada de decisões.

O processo de recolha de dados é importante na obtenção de informações capazes de ajudar a empresa a realizar planeamentos, análises e a implementar melhorias. A qualidade dos dados recolhidos influencia diretamente o desempenho de qualquer tecnologia de IA.

Especificamente nas empresas, e no âmbito da indústria 5.0, a IA é utilizada como forma de potencializar os resultados, aumentar a produtividade e economizar tempo.

Robótica

A presença da robótica no nosso quotidiano é cada vez mais intensa e visível.

As máquinas já fazem as atividades mais repetitivas e anulam a necessidade de mão de obra humana para as funções desse tipo.

Mas a robótica está a evoluir, sobretudo com o avanço da Inteligência Artificial, e a automatização dos processos deve chegar não só às profissões operacionais, mas também às estratégicas. 

Estes avanços tecnológicos estão a impulsionar a competitividade e também critérios de sustentabilidade ambiental e social. E é aqui que nasce aquilo que a Comissão Europeia batizou como Indústria 5.0, um novo modelo mais sustentável e centrado nas pessoas.

Cybersecurity

A cibersegurança já é um dos principais temas da agenda de executivos e líderes em todo mundo. Na era da Indústria 5.0 a cibersegurança é fundamental, já que tudo está conectado e, mais que nunca, é necessário desenvolver práticas e mecanismos capazes de eliminar e/ou reduzir riscos e falhas para se defender de hackers e criminosos virtuais.

 

Um ataque cibernético é capaz de bloquear a utilização de qualquer sistema interno, interrompendo o trabalho de centenas e até milhares de profissionais; escapar dados e informações confidenciais; paralisar linhas de produção da indústria; interromper o fornecimento de energia em cidades ou expor informações pessoais de clientes e segredos de propriedade intelectual. 

 

Todas estas ocasiões podem levar a um prejuízo brutal financeiro e de credibilidade e consequências insustentáveis quer a empresas, quer a pessoas, sendo assim ser mandatário continuar a combater este problema.

 

Há diferentes conceitos que têm de ser compreendidos, diferentes tipos de ataques a que estamos sujeitos, diferentes soluções para os combater, que se não forem devidamente explorados, não seremos capazes de dar uma resposta eficaz a este problema que afeta milhões de pessoas espalhadas pelo mundo inteiro.

bottom of page